,

Produção de muro pré-fabricado com concreto condição de preparo “A”, o que muda?

Produção de muro pré-fabricado com concreto condição de preparo “A”, o que muda?

Você sabe qual a diferença entre o concreto usinado e o concreto “virado” na betoneira?

O concreto chamado de classe A é aquele que é produzido em modernas usinas de concreto, tendo cada elemento medido ou pesado eletronicamente, garantindo o correto controle de umidade e dosagem de cada insumo.

Todos os insumos (cimento, areia, britas, água aditivos) tem sua umidade medida antes da mistura, fazendo com que a dosagem de água seja calculada. A homogeneidade é garantida por conta de sensores.

Com isso, a resistência planejada é mais fácil de ser alcançada. Artefatos pré-moldados produzidos com concreto classe A tem sua resistência garantida pela escolha e aplicação do traço correto.

Read more

,

Muito além da separação de espaços

Os muros possuem grande importância na história mundial, em especial, o famoso Muro de Berlim.

Até o ano de 1961, os alemães podiam passar livremente de um lado para o outro da capital. Porém, em agosto  de 1961,  com o acirramento da Guerra Fria e com a grande migração de berlinenses do lado oriental para o lado ocidental, o governo da Alemanha Oriental resolveu construir um muro dividindo as duas regiões – decretou também leis proibindo a passagem das pessoas de um lado para o outro.

O muro, que começou a ser construído em 13 de agosto de 1961, não respeitou casas, prédios ou ruas. Policiais e soldados da Alemanha Oriental impediam e até mesmo matavam quem tentasse ultrapassá-lo. Muitas famílias foram separadas da noite para o dia. O muro chegou a ser reforçado por quatro vezes. Possuía cercas elétricas e valas para dificultar a passagem. Havia cerca de 300 torres de vigilância com soldados preparados para atirar.

Read more

,

Cogobó | História e Uso

Típico da arquitetura pernambucana, o cobogó tem seu nome formado pelas iniciais de seus criadores. Amadeu Oliveira Coimbra (Co), Ernest August Boeckmann (Bo) e Antônio de Góis (Go). Esse elemento já era feito em obras, localmente e de forma improvisada, mas foi a partir de sua patente, em 1929, que ele passa a ser industrializado. Inicialmente, eram feitos com cimento, mas a popularização desse elemento arquitetônico trouxe o uso de outros materiais, como vidro, argila e cerâmica.

O cobogó é um elemento construtivo constituído de uma parede ou um trecho de uma parede feita em blocos vazados. Ao invés de tijolos utiliza-se cerâmica, cimento ou concreto. Pode ser colocado em paredes, muros e muros baixos.

Read more